Nossa Rota

A Tripulação

Cristiano Rolim

Crisa

Capitão do Vagabond, dono do barco. Ex-gestor de um grande grupo internacional, que deixou as 12 horas de trabalho diárias para velejar ao redor do mundo. Líder do time e responsável pela navegação e parte técnica do veleiro. Surfista e aventureiro.
As pessoas não mudam em sua essência. Cristiano desde pouca idade demonstrava uma indomável vontade para as grandes realizações. Sua vida está repleta de exemplos e experiências que hoje o tornam legitimamente apto a comandar o Vagabond ao redor do mundo. Uma genuina vocação para liderança faz-lhe naturalmente encabeçar o time de amigos que estarão a bordo: irmãos pelas afinidades. Entre outras qualidades estão o senso prático, disciplina e equilíbiro emocional. Seus conhecimentos práticos sobre mecânica serão vitais para a viagem. Ter vivido fora do país por quase uma década consolidou-lhe o apredizado de mais dois idiomas ao portfólio: inglês e espanhol. Enfim, um integrante que tem muito a passar adiante. Uma peça importantíssima para a realização do projeto.

Mário Bedoya

MarôTripulante oficial. Chef, fotógrafo e escritor do Vagabond. Responsável pelo diário de bordo e administração dos registros gerados durante a viagem. Mergulhador e seresteiro. Mário é um coringa no time, pessoa participativa e confiável. Também uma alma inquieta, em busca de aventuras e de temas para suas investidas como escritor. Ainda adolescente atendeu quase dois anos numa escola de segundo grau no Estados Unidos: essa experiência constituiu importante marco em sua história. Sua herança hispanica também forneceu-lhe o aprendizado do castelhano, o espanhol americano. É uma pessoa ávida pelo conhecimento, assíduo leitor da boa literatura mundial; ensaísta e romancista amador. Ama a música e as artes; um dedicado estudante da teoria musical e do violão acústico. Recentemente, deixou um cargo público concursado para embarcar na jornada do Vagabond ao redor do mundo. Aliás, pouco fixou-se em vínculos empregatícios durante sua carreira de Administrador de Empresas. É um dissidente e encontra-se a procura do seu caminho, o destino que acredita dignar-se.

Rafael Goulart

PreuTripulante oficial. Músico, DJ, surfista; responsável pelo site da viagem. Colaborador direto da logística inerente aos registros do Vagabond. Preu jamais teve afinidades com as atividades convencionais do sistema. Passou pela faculdades de engenharia e contabilidade sem contudo afeiçoar-se aos respectivos ofícios. Feito músico desde os tenros 7 anos, sagrado pianista pelo aval do público e das instituições, compreendia a vida com uma amplitude jamais vista. Sabia-se merecedor de realizações que escapavam a alçada do seu meio. Viajante e explorador de mundos. Seu intercâmbio cultural no sul da California transformou-lhe o ser, ou melhor: lapidou o que estava por aparecer: uma natureza original e admirável. Mais tarde, uma volta à América, desta vez trabalhando, deu-lhe fluência total no Inglês e muita experiência nas relações humanas. Sua vida e o surf não podem ser dissociados e esse amálgama tornou-lhe um ser humano diferente, assim como efeito causado pela música. É dedicado, ágil e sabe-se uma parte natural do mundo. Recentemente começou uma carreira de músico alternativo, Disk Joquey, cujo andamento encontra-se de vento em popa. A viagem do Vagabond, e aqui repetindo as palavras do próprio Preu, servirá como um período de produções e pesquisas, aliás, vitais nessa carreira que já se inicia com sucesso e resultado.